Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Acrelândia

MPE denúncia réus por tráfico de 445 kg de maconha e combate a “pandemia da criminalidade”

Redação Folha do Acre

Publicado

on

MP de Acrelândia denúncia réus por tráfico de 445 kg de maconha e combate a “pandemia da criminalidade”

O Ministério Público do Estado do Acre, por meio da Promotoria de Justiça Cumulativa de Acrelândia, denunciou em vinte e quatro horas, Cleiton de Araújo Amaral, de 40 anos e Fábio Evantuil Pereira, de 42 anos, acusados de estarem praticando o tráfico de 445 kg de maconha, os quais haviam sido presos em flagrante por Policiais Civis da Delegacia de Combate ao Narcotráfico (DENARC), no último dia 17 de maio de 2020, próximo ao Posto de Fiscalização da Tucandeira, comarca de Acrelândia.

A droga estava sendo transportada por caminhão, escondida no meio da carga de quase 30 toneladas de ração para cães, sendo que esta foi a segunda maior apreensão de drogas do Estado do Acre.

A defesa de Cleiton de Araújo Amaral pediu a concessão de prisão domiciliar com monitoramento eletrônico, alegando ser diabético e ter realizado cirurgia bariátrica e, portanto, assinalando pertencer ao grupo de risco para fins de prevenção ao Covid-19, o que foi negado pela Justiça, a qual determinou a alienação antecipada dos bens apreendidos.

O promotor de Justiça de Acrelândia, Júlio César de Medeiros subiu o tom em seu Parecer, assinalando não tem força de lei, e não obriga a concessão automática de prisão domiciliar ou liberdade provisória, vez que é necessário analisar caso a caso.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas