Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Principal

Voto fantasma: Neném falta à sessão, mas seu voto é computado e Bestene é acusado de burlar regimento

Gina Menezes

Publicado

on

Deputado Neném Almeida se defendeu afirmando que nem sabia da reunião que trata sobre criação do Instituto da Saúde

Nem começou oficialmente a sessão ordinária da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) na manhã de quarta-feira (3) e a confusão já estava instalada nas comissões na casa parlamentar. Os deputados de oposição acusaram a base, especialmente o presidente da comissão conjunta, formada por Constittuicao e Justiça, Saúde e Serviços Públicos, José Bestene, de descumprir os ritos da democracia, não respeitar vitória da maioria e relatar a revelia o projeto de criação do Instituto de Saúde do Acre.

Embora a emenda apresentada pelo deputado Jenilson Leite (PSB), tirando o Pronto Socorro da administração do Instituto de Saúde, tenha sido aprovada por 5 votos a 4, o deputado José Bestene conseguiu mais um voto, do deputado Neném Almeida, que sequer estava on-line, e conseguiu embargar a vitória da oposição mandado a matéria para relatoria mesmo a revelia.

“Foi à revelia. Eles não respeitaram nem mesmo o horário regimental de início da sessão. Às 10h25min eles começaram a ler o relatório”, diz Jenilson.

Os deputados Edvaldo Magalhães (PCdoB) e Roberto Duarte (MDB) também protestaram contra o consideraram ato arbitrário de Bestene, porém mesmo assim foi feito o parecer final do relatório.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas