quinta-feira, outubro 21, 2021
33.3 C
Rio Branco
quinta-feira 21 outubro 2021

Gladson não tem aliados e a oposição é mais leal que os que o ajudaram a se eleger, diz colunista

POR

A denúncia de Roberto Duarte sobre as cestas básicas

O deputado Roberto Duarte Junior (MDB) foi o primeiro a denunciar a suposta compra superfaturada dos sacolões por parte do governo do Acre durante a pandemia de coronavírus. Cada sacolão saiu no valor de R$ 94,54, totalizando R$ 3.230.904,50.

Tem mais barato

Duarte foi a um mercado local e encontrou sacolão a R$ 81,59, contendo os mesmos 16 itens comprados pelo governo do Acre. Isso comprando no varejo, se fosse num atacadista esse valor cairia muito.

Daria para economizar ou comprar mais

Se o valor cobrado pela unidade do sacolão tivessse sido 81,90 a enconomia teria sido de de R$ 445.542,00.

Investigação

O vice-governador, Whreles Rocha (PSDB), pegou carona na denúncia de Duarte e afirmou que irá pedir uma investigação sobre o caso.

Sintesac desacreditado

Impressionante como o Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Acre (Sintesac) está descredibilizado perante à categoria e sociedade. Com o presidente da entidade, Adailton Cruz, sendo pré-candidato a vereador, esvaiu-se a última legitimidade de denúncias e arroubos contra governos.

Infelizmente

É comum no Acre alguns fazerem do sindicalismo um tranpolim para a política, mas infelizmente quem perde com isso é a sociedade.

Quem sofre é o servidor

Quem mais sofre com as omissões sindicais e as manobras do governo é o servidor que fica sem defesa e a mercê de qualquer coisa.

Cadmiel Bomfim, o aliado que ninguém precisa

Quem tem Cadmiel Bomfim (PSDB) como base de apoio na Assembleia Legislativa do Acre não precisa de oposição na Casa parlamentar. Aliás, Gladson vai mal de aliados.

Insuflou a tropa

Na sessão de terça-feira (12), Cadmiel insuflou a tropa da Polícia Militar contra o governador por conta do polêmico projeto de lei que recebeu recomendação do MPE para ser retirado de pauta.

Orientação tosca

Interessante foi Cadmiel dizer que outros governos “peitavam” o MPE e que Gladson Cameli não precisa seguir as orientações do Ministério Público. Ora essa, como não?

Bom dia a todos

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img