quinta-feira, outubro 21, 2021
32.3 C
Rio Branco
quinta-feira 21 outubro 2021

Polícia não acredita que jovem foi morta enquanto brincava de roleta-russa em Rio Branco

POR

Jovem morreu na madrugada de domingo (10) no bairro Jorge Lavocat, em Rio Branco. Informação inicial foi a de que vítima brincava de roleta-russa com suspeito.

A Polícia Civil do Acre acredita que a jovem Cristina Raquel dos Santos Barros, de 20 anos, que morreu na madrugada de domingo (10) no bairro Jorge Lavocat, em Rio Branco, tenha sido vítima de homicídio. A primeira hipótese levantada foi de que a vítima participava de uma brincadeira quando levou um tiro e morreu.

A Polícia Militar informou ao G1, no domingo (10) que a informação da brincadeira foi repassada por populares. A vítima e o suspeito, que não teve o nome divulgado, estariam brincando de roleta-russa com uma arma, que teria disparado acidentalmente.

Nesta segunda-feira (11), o delegado que conduz as investigações, Martin Hessel, da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), contou que não descarta nenhuma hipótese para o crime, mas afirmou que o caso é tratado como homicídio desde o início. A Polícia Civil também ainda não sabe com quantos tiros a vítima foi morta.

“As informações ainda são poucas, nossa equipe de investigação está em campo colhendo todas as informações possíveis. Não podemos descartar nenhuma hipótese, mas a motivação só vamos poder falar após a oitiva das pessoas que estiveram com a vítima e também a identificação e oitiva do suposto autor”, complementou.

Hessel acrescentou que já solicitou exames da perícia do local e da cena do crime para saber o que aconteceu. Ninguém foi preso até o momento.

“A partir daí poder identificar o que de fato aconteceu para essa moça ter sido morta por disparo de arma de fogo”, concluiu.

G1

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img