sábado, outubro 16, 2021
22.3 C
Rio Branco
sábado 16 outubro 2021

Socorro Neri assina ordem de serviço para reforma da Casa Rosa Mulher

POR

Neste sábado, 9, véspera do Dia das Mães, a prefeita de Rio Branco, Socorro Neri assinou ordem de serviço autorizando o início da obra de reforma e revitalização da Casa Rosa Mulher, instituição que presta serviços de assistência social, psicológica e jurídica à mulheres e mães, em situação de violência ou vulnerabilidade.

A Casa Rosa Mulher, localizada no bairro Cidade Nova, foi atingida pela enchente do Rio Acre em 2015, a mais grave da história da cidade, e teve muitos espaços deteriorados e outros totalmente comprometidos.

“Essa reforma significa ampliar os nossos serviços e fazer com que as mulheres que precisam do nosso atendimento saiam do ciclo de violência e que conquistem sua autonomia financeira, através dos cursos que oferecemos aqui”, destacou a secretária de Assistência Social e Direitos Humanos (Sasdh), Núbia Fernanda de Musis.

A obra será realizada em parceria com a Fundação Nova Cáritas, uma confederação internacional que conta com 162 organizações espalhadas por 200 países, que tem a missão de por meio de projetos e ações ajudar as pessoas carentes e em situação de vulnerabilidade. A entidade fez uma doação de 100 mil euros, o que equivale a R$ 621 mil, para que fossem investidos nas obras da Casa Rosa Mulher, visando o incentivo e fortalecimento de políticas públicas para mulheres.

“Esse é um recurso que será muito bem utilizado nessa obra tão necessária que é a reforma da Casa Rosa Mulher, uma instituição que há mais de 20 anos vem prestando um serviço relevante, com esse cuidado que precisamos ter com as mulheres sobretudo com aquelas que foram ou são vítimas de violência doméstica, sexual ou que estão em situação de vulnerabilidade”, afirmou Socorro Neri.

Casa Rosa Mulher – Criada em 1994, a Casa Rosa Mulher já atendeu mais de 200 mil mulheres. Além de garantir atendimento multidisciplinar para vítimas de violência, a instituição oferece cursos profissionalizantes, gratuitos, como forma de ajudar essas mulher a romperem o ciclo de violência, conquistando a autonomia financeira.

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img