quinta-feira, outubro 21, 2021
33.3 C
Rio Branco
quinta-feira 21 outubro 2021

UPA do 2º Distrito não tem mais vagas para pacientes com Covid e governo adia novamente entrega do INTO

POR

Um paciente grave aguarda para dar entrada na emergência enquanto se tenta estabilizar outro para abrir uma vaga de internação dentro da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Segundo Distrito de Rio Branco, referência para atendimento de pacientes com Covid-19.

Dos 39 leitos não resta mais nenhum e pacientes que testaram positivo para coronavírus dividem o mesmo ambiente dos que estão apenas suspeitos da doença. Essa foi a realidade encontrada pela imprensa na tarde de terça-feira (5) na unidade referência.

A entrega dos leitos do INTO anunciada há semanas segue sendo adiada. Na última sexta-feira (1), o secretário de Saúde, Alysson Bestene, anunciou que na segunda-feira (4) seriam entregues 11 leitos, mas até manhã desta quarta-feira não havia sido entregue nenhum.

Enquanto a rede de saúde do Acre segue saturada, o número de pacientes contaminados com Covid-19 sobe assustadoramente. A UPA do Segundo Distrito, que no início da pandemia no Acre atendia cerca de 20 pacientes, teve este número ampliado para 200.

COLUNISTAS

128 POSTS0 COMENTÁRIOS
38 POSTS0 COMENTÁRIOS
4 POSTS0 COMENTÁRIOS
2 POSTS0 COMENTÁRIOS
- Advertisement -spot_img