Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Polícia

Delegacias do Acre são fechadas e desinfectadas após servidora contrair coronavírus

Redação Folha do Acre

Publicado

on

Servidora está internada na UTI do PS de Rio Branco com Covid-19. Retorno das atividades está programado para o dia 2 de maio.

As delegacias da 5ª Regional, em Rio Branco, e de Porto Acre, no interior do estado, tiveram que ser fechadas e passam por desinfecção nesta segunda-feira (20) após uma servidora da limpeza da 5ª Regional testar positivo para Covid-19.

A mulher de 50 anos está internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Pronto-Socorro de Rio Branco. Ela é servidora terceirizada da Polícia Civil.

O retorno das atividades nas delegacias está programado para o dia 2 de maio. Os atendimentos ao público estão suspensos nas delegacias do Acre desde o dia 20 de março como medida para evitar a proliferação do novo coronavírus no estado.

Ao G1, o coordenador das duas delegacias, delegado Nilton Boscaro, explicou que a delegacia de Porto Acre foi fechada também porque dois policiais do interior estiveram na 5ª Regional. Os servidores vão ficar de quarentena em casa e, caso sintam sintomas da doença, devem procurar o médico.

“Dois servidores de Porto Acre transitam pela delegacia da 5ª Regional porque eu respondo por lá também. Com essa situação de agora, os servidores foram para Porto Acre fazer a desinfecção também de lá”, reforçou.

Boscaro contou que a servidora procurou ele na terça (14) para dizer que iria ao médico porque estava com febre. Na quarta, ela piorou e os parentes levaram um atestado médico para a delegacia.

“No domingo [19] pela manhã, recebi notícias dos familiares de que ela foi internada na UPA do Segundo Distrito e logo após o almoço falaram que foi removida da UPA para UTI do pronto-socorro”, relembrou.

O delegado disse que a funcionária não foi afastada no início da quarentena porque não tinha informações de que ela apresentava algum problema de saúde crônico ou outro fator do grupo de risco.

“Que a gente saiba não faz parte do grupo de risco, não estava sentindo nada, mas, no momento que sentiu foi ao médico e não foi mais trabalhar. Comuniquei ao delegado geral, que determinou a suspensão das atividades pelo período do dia 15, contando do dia 15 quando ela não foi trabalhar. As atividades retornam no dia 2 de maio”, concluiu.

O delegado geral de Polícia Civil, Henrique Maciel, disse que a 4ª Regional vai acumular as ocorrências das duas delegacias fechadas durante este período.

G1

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas