Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Polícia

Jovem é morto por namorar mulher de detento; acusado é preso usando máscara contra Covid-19

Redação Folha do Acre

Publicado

on

Em menos de 24 horas, investigadores da Polícia Civil de Epitaciolândia prenderam três pessoas envolvidas na morte de Railan Furtado Pereira, de 18 anos, executado a tiros quando chegava a sua casa na invasão localizada no Bairro Liberdade.

Os policiais prenderam o autor dos disparos e mais dois comparsas, um maior e um menor de idade, além de apreenderem a arma usada no crime, um revólver calibre 38.

De acordo com o delegado titular da Delegacia de Epitaciolândia, Luis Tonini, o autor do crime alegou que a vítima teria traído o grupo criminoso ao qual integrava saindo para seguir a religião, mas, desconfiavam que houvesse mudado para facção rival.

Ainda de acordo com a autoridade policial, o motivo para o crime pode ser outro, já que Railan teria iniciado um caso amoroso com a namorada do autor, enquanto este estava preso na penitenciária de Rio Branco.

As investigações foram concluídas e ficou evidenciado que o crime foi premeditado. Os dois maiores serão transferidos para o presídio da capital e o menor ficará a disposição do juizado local.

“Foi um intenso trabalho de investigação e graças a Deus logramos êxito em prender o autor e os coautores desse crime. Foram realizados todos os tramites e agora o trio está a disposição da Justiça”, enfatizou Luis Tonini.

Ascom PC

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas