Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Principal

Funcionária pode ter contraído coronavírus no Arasuper e diz que tem mais casos suspeitos

Redação Folha do Acre

Publicado

on

O que as autoridades da saúde pública do Acre temiam aconteceu em Rio Branco, no Acre: a contaminação por Covid-19 já é uma realidade nos supermercados da capital acreana. Uma funcionária do Arasuper (antigo Supermercado Araújo) confirmou que pode ter sido contaminada por coronavírus enquanto trabalhava em uma das lojas da rede de supermercados.

A funcionária, que preferiu não se identificar, afirmou que pode ter contraído o vírus enquanto trabalhava em uma das lojas na capital acreana.

“Hoje recebi o teste do meu exame e deu positivo para Covid-19. Estou em desespero agora. Meu marido e minhão mãe têm pressão alta”, conta a jovem.

A jovem conta que se sentiu mal na semana passada e que foi até a UPA do Segundo Distrito, mas foi orientada pelo médico plantonista a retornar para casa. Ela não fez o exame de Covid-19. Ela diz que após cumprir os três dias de atestado médico voltou ao trabalho e no último domingo (12) voltou a se sentir mal e foi novamente à UPA onde foi feito a coleta para o exame de coronavírus. Na quinta-feira, ela foi informada que seu exame testou positivo para a doença.

“Fui à UPA na quinta-feira retrasada e o médico disse que era apenas minha garganta que estava inflamada. Me deu atestado e pediu para voltar para casa. No domingo me senti mal enquanto estava trabalhando e voltei ao hospital. Fiz o exame e ontem recebi o resultado positivo do coronavírus”, diz.

A funcionária conta que suspeita que tenha contraído o vírus do seu superior ou de uma amiga que também trabalha no Arasuper.

“Suspeito que tenha contraído o vírus no próprio supermercado, pois meu chefe superior está com sintomas da doença e fez o exame ontem. Uma amiga que também trabalha na loja também está com o sintomas e foi fazer o exame. Eles aguardam o resultado”, conta.

O sócio-fundador do Arasuper, Adem Araújo, explicou à imprensa que já esta ciente do caso de contaminação por parte de uma servidora e que ela já está isolada dos demais colaboradores.

“A moça realmente testou positivo. Ontem ela ficou sabendo pela consulta que ela fez. Ela já estava afastada há uns dois dias porque estava tossindo, já não estava trabalhando. Fez o exame. E ontem informou aos seus superiores da situação. Mas os procedimentos que tinham que ser tomados, nós já tomamos: desinfecção de todos os setores: administrativo, operacional, equipamentos, balcões, boxes. Todas as medidas foram feitas. Mas, se ela pegou lá ou em outro ambiente a gente não sabe”, disse Adem Araújo ao site Notícias da Hora.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas