Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Geral

Segunda fase da campanha de vacinação contra influenza tem início na quinta-feira

Redação Folha do Acre

Publicado

on

A segunda fase da campanha de vacinação contra a influenza deve ter início nesta quinta-feira, 16, em todo o país. Na capital acreana, a Prefeitura de Rio Branco se prepara para repetir as estratégias exitosas usadas na primeira fase, vacina no carro e vacina em casa.

O público alvo agora é composto por doentes crônicos, professores das redes pública e privada e profissionais das forças de segurança e salvamento. A meta é atingir, ao menos, 90% desse público em toda a capital.

De acordo com a coordenadora de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), Socorro Martins, o posto de vacina montado no antigo pátio de vistoria do Detran, na avenida Nações unidas, em frente ao 7º BEC, continua ativado para o atendimento do público alvo. Essa estratégia evita que haja aglomerações nas unidades de saúde.

“Já com a vacina em casa, a estratégia e atender aqueles doentes crônicos debilitados que não conseguem sair de suas casas para vacinar-se. Assim, nossas equipes vão até suas residências para imuniza-los”, explicou Socorro Martins.

Na fase anterior, foram vacinados 23.463 idosos até a tarde desta segunda-feira, 13, o que representa 104% da meta prevista inicialmente. Já os profissionais de saúde, que também faziam parte do grupo prioritários da primeira fase, foram 6.073 pessoas vacinadas, um total de 63%, da meta prevista.

A terceira e última fase da campanha de vacinação tem início no dia 9 de maio. Será a vez de vacinar crianças de 6 meses a menores de 6 anos, pessoas com 55 a 59 anos, gestantes e até 45 dias após o parto, pessoas com deficiência, funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas e população privada de liberdade.

Essas estratégias fazem parte das medidas tomadas pela Prefeitura para ajudar no combate à pandemia de coronavírus/covid-19, que já tem quase uma centena de casos registrados oficialmente no Acre e já fez três vítimas fatais. A vacina contra a influenza não tem ação contra a covid-19, mas impede que as pessoas sofram com infecções gripais, o que as deixaria com o organismo frágil, facilitando a ação do coronavírus.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas