Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Polícia

Taxista que fazia linha Rio Branco a Porto Velho morre com suspeita de coronavírus

Redação Folha do Acre

Publicado

on

Um taxista identificado apenas como Leão, 65, foi encontrado morto na manhã desta quarta-feira (08) em uma vila de apartamentos na Rua Uruguai, bairro Nova Porto Velho, na capital de Rondônia.

O homem apresentava sintomas de coronavírus (covid-19) e o médico do Samu que foi até o local constatar o óbito recomendou que nenhuma pessoa se aproximasse do corpo sem que estivesse usando a vestimenta adequada para proteção contra a doença.

O taxista trabalhava frequentemente pegando passageiros na rodoviária da capital e transportando para a região da Ponta do Abunã e Rio Branco (AC). Vizinhos disseram que nos últimos dias Leão vinha reclamando de muita febre, falta de ar e tosse.

Ele tinha feito o exame de coronavírus ontem (07) e hoje iria pegar o resultado, mas não deu tempo. O corpo foi encontrado na vila de apartamento em que ele morava.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas