Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Útilmas notícias

Juiz diz que projeto de redução de salário de deputados em 50% é populista e inconstitucional

Gina Menezes

Publicado

on

Opinião abalizada 

O juiz do 3° Juizado Criminal  e membro do Tribunal Regional Eleitoral do Acre, Giordane Dourado, usou as redes sociais para afirmar que projeto de redução de 50% do salário de agente público é um ato populista e inconstitucional. Opinião abalizada e inquestionável. 

Populismo puro 

O juiz está certíssimo em dizer que há populismo neste tipo de proposta como o que foi feito pelo deputado estadual Ghelen Diniz (PP) na Aleac e Emerson Jarude (MDB) na Câmara de Vereadores de Rio Branco. 

Efeito colateral da pandemia 

Aliás, um dos efeitos colaterais deste coronavírus é o aumento de demagogia de políticos. Foi tanta proposta absurda e populista que ultrapassou tudo que já tínhamos vistos até aqui.

Revanche

Ghelen Diniz propôs a redução dos salários dos deputados após ter sido derrotado nas votações da última semana. Os deputados da base não seguiram a orientação de Ghelen, que é líder do governo na Aleac, e ele acabou sendo desmoralizado como liderança.

Soube jogar

Mas lógico que inteligente do jeito que é Ghelen encurralou os deputados com a proposta populista, mas interessante, da doação de 50% dos salários dos parlamentares para ações contra o coronavírus.

PT fora de liderança

Rodrigo Forneck deixa a liderança da prefeita na Câmara de Rio Branco. O bem educado e preparado Rodrigo Forneck (PT) entregou nesta quarta-feira (8) a liderança da prefeita Socorro Neri na Câmara. Saiu elogiado por seus pares como é merecido.

Preparado

Forneck é um dos vereadores mais preparados da atual legislatura da Câmara Muncipal de Rio Branco, mas vai ter que correr muito se quiser se reeleger. O cenário agora é totalmente diferente daquele em que ele se elegeu na primeira vez.

O PT não rompeu com o PSB, diz vereador

Rodrigo Forneck deixou o cargo frisando que a saída dele não signfica um rompimento do PSB com o PT.

Railson Correia

O vereador de Rio Branco pelo Podemos, Railson Correia, acusou o vereador Emerson Jarude (MDB) de usar combustível da Câmara para uma motocicleta inexiste. Railson diz que Jarude não é o santo que prega ser.

Jarude

Jarude requereu a ata da sessão e certamente tomará providências sobre a acusação do colega. Aguardem que virá muita coisa à tona nesse ano eleitoral.

Bom dia a todos 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas