Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Cotidiano

Vacinação contra a gripe: prefeitura imuniza mais de 28 mil pessoas na capital

Redação Folha do Acre

Publicado

on

A estimativa é que cerca 60mil pessoas idosas sejam imunizadas em Rio Branco

A Prefeitura de Rio Branco, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SEMSA), já imunizou 28.322 pessoas na capital acreana. Este ano, o Ministério da Saúde antecipou o início da campanha, de abril para março, para proteger os públicos prioritários contra os vírus mais comuns da gripe. Em Rio Branco, a prefeita Socorro Neri orientou a descentralização dos pontos de vacinação para evitar aglomerações nesta vivência de pandemia, causada pelo novo coronavírus.

Nesta primeira etapa, que se estende até 15 de abril, a Prefeitura de Rio Branco segue com as estratégias de “Vacina sem sair do carro” (drive-thru’) e “Vacina em casa”, como forma de imunizar idosos contra os vírus mais comuns da gripe. Já os profissionais da saúde podem ser vacinados nas unidades de saúde, no período da tarde, ou se dirigir até o sistema drive-thru realizado no antigo pátio de vistoria do Detran, na avenida Nações Unidas, em frente ao 7º BEC.

Na estratégia “Vacina em casa”, a vacinação é realizada nos cadastros do Sistema Municipal de Saúde e no Centro de Referência em Assistência Social (Cras). Para atender aos idosos ainda não cadastros, a prefeitura disponibilizou o número 3224-4269 para o agendamento de vacinação.

De acordo com dados da SEMSA a previsão é que cerca de 47 mil a 65mil pessoas idosas sejam imunizadas, na capital, ao longo desta primeira etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe.

FASES DA CAMPANHA

1ª fase (a partir de 23 de março)

Público-alvo: idosos com 60 anos ou mais e trabalhadores da saúde

2ª fase (a partir de 16 abril)

Público-alvo: profissionais das forças de segurança e salvamento, doentes crônicos, caminhoneiros, motoristas de transporte coletivo e portuários.

3ª fase (de 09 a 22 de maio)

Público-alvo: professores, crianças de 6 meses a menores de 6 anos, grávidas, mães no pós-parto, população indígena, pessoas acima de 55 anos e pessoas com deficiência.

Assessoria

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas