Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Sem categoria

Indígenas venezuelanos instalados em escola na capital recebem doação de alimentos

Redação Folha do Acre

Publicado

on

Secretaria de Assistência Social entregou 350 quilos de alimentos para os indígenas instalados no Conjunto Habitacional Cidade do Povo, em Rio Branco.

Instalados há sete dias em uma escola do Conjunto Habitacional Cidade do Povo, em Rio Branco, os indígenas venezuelanos receberam doação de alimentos. Verduras, frutas e outros alimentos foram entregues, na quinta-feira (2), pela Secretaria de Assistência Social, dos Direitos Humanos e de Políticas para as Mulheres (SEASDHM).

Os indígenas começaram a chegar ao estado acreano em setembro do ano passado em busca de refúgio e abrigo, fugindo da crise no país e, desde então, é comum encontrá-los em semáforos pedindo ajuda.

O grupo passou a viver em condições subumanas em um prédio abandonado que fica no Bairro da Base, próximo ao Centro de Rio Branco, depois que foi despejado da casa onde vivia por não ter como pagar aluguel.

Os indígenas estão instalados na Escola Campos Pereira, na Cidade do Povo. Segundo o governo, o grupo é composto por 70 indígenas da Etnia Warao, entre idosos, crianças, adolescentes e adultos.

A secretaria informou que a entrega foi feita de forma emergencial, devido ao isolamento social por causa da pandemia do novo coronavírus.

Os alimentos doados são do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). Segundo o governo, foram entregues 350 quilos de alimentos para os refugiados.

A secretária de Assistência Social, Claire Cameli, explicou que busca parcerias para garantir o abastecimento às famílias instaladas no abrigo. Segundo ela, desde o último dia 26 que são realizadas, com a Federação do Comércio do Acre (Fecomércio), a entrega de sopa para os venezuelanos.

“Estamos dando suporte com assistência social e orientações. Mesmo nessa situação de pandemia, o Acre não se furta de ajudar essas famílias, contribuindo com a estadia e buscando parcerias. As entregas vão acontecer conforme as necessidades forem apresentadas à secretaria”, garantiu.

G1

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas