Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Útilmas notícias

Lojistas vão acionar Via Verde Shopping na Justiça por cobrar aluguel durante coronavírus

Redação Folha do Acre

Publicado

on

Mesmo fechado por decreto governamental, shopping continua cobrando metade do aluguel

Os lojistas que tocam empreendimentos dentro do Via Verde Shopping, em Rio Branco, vivem momentos difíceis com a crise financeira causada pela pandemia de coronavírus no Brasil e Acre.

A reportagem da Folha do Acre conversou com um empresário que tem uma loja instalada dentro do shopping da capital acreana. O empreendedor, que preferiu não se identificar com medo de represálias, conta que mesmo diante do fechamento do shopping, por causa do decreto de isolamento social assinado pelo governador do Acre, Gladson Cameli, a administração do Via Verde Shopping está cobrando os aluguéis dos lojistas.

“O shopping está fechado desde o decreto. Primeiramente reduziram os horários e depois fecharam tudo. No início eles não nos procuraram para tratar dos aluguéis. Depois nos procuraram e afirmaram que iriam cobrar somente 50% dos valor dos aluguéis. Mas mesmo assim os lojistas não têm condições de pagar metade do aluguém se não estão vendendo nada nesse período. Já tem gente dando férias para não demitir funcionários”, diz o empresário.

O empresário conta ainda que um grupo de lojistas se organiza para entrar com uma ação na Justiça contra o Via Verde Shopping.

“Diante desse impasse alguns lojistas vão acionar a Justiça para poder barrar esse boleto de cobrança do aluguel por que senão será cobrando juros em cima da dívida”, diz.

A reportagem tentou contato com a direção do Via Verde Shopping, mas não obteve respostas sobre o assunto. O espaço fica reservado para os devidos esclarecimentos do shopping.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas