Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Sem categoria

Mesmo com coronavírus, comércio prevê vendas de ovos de Páscoa maiores que 70% em Rio Branco

Redação Folha do Acre

Publicado

on

Estudo é da Fecomércio para vendas da Páscoa, celebrada no dia 12 de abril.

Mesmo em meio à crise mundial causada pela Covid-19, uma pesquisa da Federação de Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Acre (Fecomércio) mostrou que a venda de ovos de Páscoa deve ultrapassar os 70% nos supermercados de Rio Branco.

A Páscoa será celebrada no dia 12 de abril, segundo domingo do mês. A Fecomércio destacou que a pesquisa é com base nos arquivos da instituição, sites especializados e na intenção do consumidor.

A grande expectativa de vendas, segundo a pesquisa, é para o domingo de Páscoa. O estudo diz que, mesmo com a renda comprometida, o rio-branquense não vai deixar a data passar em branco e comprar o tradicional ovo de chocolate.

Até este domingo, o Acre tem 41 casos do novo coronavírus confirmados. Todos são pacientes de Rio Branco, mas também há casos em investigação nas cidades de Brasileia, Cruzeiro do Sul, Feijó, Acrelândia, Tarauacá e Xapuri.

A capital acreana está sob decreto de calamidade pública devido à pandemia da doença. O decreto foi publicado na quarta-feira (25), as aulas das redes públicas e privadas foram suspensas, frota de ônibus reduzida, além de uma série de determinações para impedir a proliferação do novo coronavírus.

Consumo

Ainda segundo a pesquisa, mesmo com a renda limitada, o rio-branquense costuma gastar até R$ 200 nessas datas festivas. A informação é baseada nos gastos para essas datas em 2018 e 2019.

Outra característica do consumidor da capital acreana é buscar por promoção na hora da compra. Além disso, o rio-branquense também não liga muito para marca de produto, ou seja, 56% não tem essa preocupação e compra o que tiver o melhor preço.

G1

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas