Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Polícia

Policial aposentado morre no PS antes de receber resultado de exame de coronavírus

Redação Folha do Acre

Publicado

on

Sesacre afirma que paciente fez o exame, mas amostra ainda está em análise. Governo nega que não liberou corpo para velório

A Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre) esclarece que o policial civil aposentado, Raimundo Moreira Lima, 82 anos, foi testado para coronavírus e suas amostras levadas para análise no Centro de Infectologia Charles Mérieux, antes do seu falecimento, na madrugada deste sábado, 28, no Pronto-Socorro de Rio Branco (PS).

Diante do quadro grave do paciente, que deu entrada na emergência do PS com insuficiência respiratória na noite de sexta-feira, 27, os profissionais coletaram as amostras para o exame de Covid-19.

O diagnóstico está neste momento sob análise dos profissionais do Centro Mérieux, seguindo normalmente ao prazo de 48 horas para a sua divulgação.

“Por isso mesmo, esclarece que é impossível afirmar, até a presente data, que o seu falecimento foi em decorrência de complicações por eventual contaminação por coronavírus”, diz nota da Sesacre.

A Sesacre comunica também que são falsos o áudios e as mensagens em redes sociais afirmando que a família foi impedida pelos profissionais do hospital de velar e de sepultar o paciente.

“O que pedimos foi que os familiares e amigos usassem de discrição no velório, evitando que as pessoas se juntassem muito próximas umas das outras, na cerimônia fúnebre e no sepultamento. Mas apenas isso. Não podemos deixar de liberar o féretro à família. Qualquer pessoa sabe que isso é inconcebível”, explica a gerente de Assistência do Pronto-Socorro de Rio Branco, Mônica Nascimento.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas