Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Opinião

Quando a baixaria não tem limites: Neném Almeida perde cargos no Idaf e ataca Gladson

Coluna da Gina

Publicado

on

A face negra de Neném Almeida

Em meio a uma pandemia sem precedentes, que ameaça a vida de milhões de brasileiros e diante das medidas enérgicas do governador Gladson Cameli, um deputado que tão incompetente quanto interesseiro em cargos resolveu atacar Cameli da forma mais vil. Neném Almeida mostrou a cara e quem realmente é ao perder os cargos do IDAF e usar o Sindicato dos Bancários para acusar Cameli de impor decreto da morte.

Atacando porque perdeu cargos

Nossa coluna teve acesso a uma fonte muito próxima do deputado Neném Almeida que garantiu que ele foi o responsável por induzir o Sindicato dos Bancários a produzir materiais atacando o governador e as medidas sanitárias adotadas contra o coronavírus.

São medidas para salvar vidas

Neném perdeu os cargos que tinha no IDAF e não está nada contente por isso, mas chega a beirar o mau-caratismo ele atacar as medidas sanitárias adotadas pelo governo para salvar vidas.

A face suja da política

Neném Almeida agindo assim pode estar mostrando a face mais suja da política, aquela que não respeita vidas, tréguas de momentos de crise. Não respeita nada.

Arte criada para atacar governador do Acre

Denúncia de corrupção

A respeito do IDAF, há cerca de duas semanas a coluna recebeu de Brasiléia a informação de que estaria prestes a estourar um escândalo financeiro envolvendo o instituto.

Não cansam de passar e fazer vergonha

Os deputados estaduais não cansam de passar vergonha ao continuarem com a história das emendas de R$ 500 mil que destinarão à Saúde. Não existe isso. O dinheiro já está nos cofres públicos.

Praticamente todos

Na quinta-feira (26), eu fiz um vídeo citando o nome de alguns deputados, mas devo fazer uma ressalva de que praticamente todos os deputados estão se utilizando do mesmo expediente.

Emendas para inglês ver

O ex-deputado Heitor Junior acertou na mosca ao dizer que estas emendas jamais são liberadas. É para inglês ver.

Já são do governo

Se forem liberadas é para o exercício seguinte, ou seja, ninguém vai salvar ninguém com o dinheiro que já pertence ao próprio governo e que em momento de crise o Executivo disponibiliza como bem entender.

Diego Rodrigues

Esperem o excelente trabalho de Diego Rodrigues à frente do Procon. Competência o rapaz tem de sobra.

Bom dia a todos

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas