Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Útilmas notícias

Caso coronavírus seja controlado, aulas reiniciarão 13 de abril, após a Semana Santa

Redação Folha do Acre

Publicado

on

O Comitê de Acompanhamento Especial do Coronavírus (Covid-19) no Acre realizou reunião na manhã desta sexta-feira, 27, para tratar sobre um eventual nova flexibilização do decreto governamental que poderá ser publicado no início da próxima semana, caso o número de infectados não sofra grande alteração. No Estado, segundo boletim da Sesacre, são 23 casos confirmados e 76 pessoas aguardam o resultado do exame.

O governador Gladson Cameli informou ao ac24horas que aguarda os números oficiais para definir novas modificações no decreto. A reportagem apurou que o governo do Acre ainda analisa a possibilidade de rever todas as medidas desde que os estabelecimentos comerciais sigam uma série de normas sanitárias visando garantir a saúde de seus empregados. A expectativa é que um novo decreto seja elaborado com recomendações da Secretaria de Saúde como uma espécie de “manual”.

Dentre os principais assuntos tratados, foi o retorno de mais de 160 mil alunos da rede estadual de ensino as salas de aulas. O Comitê sinalizou com a possibilidade do retorno para o próxima dia 13 de abril, após o feriadão prolongado da semana Santa. Oficialmente, o ac24horas consultou o governador que nega que exista um previsão de retorno as aulas.

Já o secretário de Educação, professor Mauro Sérgio, confirmou que foi realizada uma teleconferência também nesta sexta com os secretários municipais de educação, representantes das faculdades particulares e escolas privadas para definirem um previsão.

“Ficou acordado que é muito mais prudente prorrogamos o prazo em vez de reiniciarmos no dia 6. O prazo ficou para o dia 13, que é um dia após o domingo de Páscoa. Claro que tudo dependerá do contexto. A gente acredita que que o pico de transmissão neste período que esteja dentro da normalidade, que o Acre não possa ser tão mais atingido por essa doença e dependendo da realidade nesse período, o conselho se reunirá novamente para ver a possibilidade de está prorrogando de novo ou não o reinicio do ano letivo. Tudo vai depender de como as coisas estarão nós próximos dias e semanas e torcendo para que nosso Estado não seja acontecido com tantas vítimas”, argumentou o secretário.

Com informações do Ac24horas

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas