Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Polícia

Farmácia do Hospital da Criança é alvo de perícia após furto de remédio de R$ 300 mil

Redação Folha do Acre

Publicado

on

A Polícia Civil, por meio do Instituto de Criminalística realizou no final da manhã desta quarta-feira, 11, perícia na farmácia do Hospital da Criança, de onde foi furtado medicamento Spinraza, que seria ministrado em duas crianças que fazem tratamento para conter o avanço da Atrofia Muscular Espinhal (AME), uma doença rara e degenerativa. No final de 2019, o tratamento foi disponibilizado pelo Ministério da Saúde para pacientes com o tipo 1 da doença, uma ampola do medicamento custa em média R$ 318 mil.

Peritos estiveram no local realizando vários procedimentos em busca de pistas para se chegar ao autor ou autores do furto. Foram colhidas impressões digitais encontradas no freezer onde o medicamento estava acondicionado, além de outros materiais que serão periciados.

As investigações estão sendo conduzidas pelo delegado Alcino Ferreira Junior, titular da Delegacia de Combate à Corrupção e aos Crimes Contra a Ordem Tributária e Financeira – DECCOR.

No Acre, apenas duas crianças fazem uso da medicação, uma garota de 10 anos e o primo dela, um garoto de 1 ano e 4 meses.

O delegado Geral da Polícia Civil do Acre, José Henrique Maciel Ferreira, afirmou que o caso é tratado como prioridade zero, ou seja, prioridade máxima, pois se trata de um crime que põem em risco a vida de duas crianças.

“Estamos com prioridade máxima nesse caso, prioridade zero, independentemente de entrar na discussão de conflito de competência legal, pois temos um furto de um medicamento de altíssimo custo e o mais grave de tudo, um crime que põem em risco a vida de duas crianças. Acredito que nos próximos dias teremos novidades sobre esse caso”, destacou o Delegado Geral.

Ascom PC

Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas