Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Polícia

Caso de coronavírus é confirmado em Santa Cruz, onde centenas de brasileiros estudam medicina

Redação Folha do Acre

Publicado

on

Uma das mulheres que testou positivo para o novo coronavírus na Bolívia, visitou os departamentos de Santa Cruz, La Paz e Oruro, sem saber que ela tinha Covid-19. O departamento de Santa Cruz abriga centenas de brasileiros que procuram o país vizinho para estudar medicina. Atualmente, dezenas de acreanos estão na cidade cursando faculdade.

Segundo a imprensa boliviana, a paciente de 65 anos chegou no início do mês em um voo comercial do Aeroporto Internacional Viru Viru, da Itália, onde 631 pessoas já foram registradas devido ao coronavírus e existem outros 8.514 casos confirmados.

Segundo o secretário de Saúde do governo de Santa Cruz, Oscar Urenda, a mulher deixou o terminal Bimodal, em um ônibus para a cidade de La Paz, onde permaneceu por 24 horas para passear pela cidade.

Então ela viajou de outro ônibus para a capital do pagador. Urenda pediu às autoridades da sede de Oruro que investigassem completamente a rota percorrida pela paciente e pelas empresas de transporte que ela usava, para ter um parâmetro das pessoas com quem mantinha contato.

Quando a mulher chegou ao aeroporto principal de Santa Cruz, não apresentava sintomas, motivo pelo qual não estava isolada e continuou sua viagem, expondo-se em locais onde geralmente ocorrem grandes aglomerações.

Apenas em Oruro a mulher começou a sentir os sintomas do vírus. “O paciente foi capturado e a investigação foi realizada. Por precaução, uma amostra foi tomada porque veio do exterior e os sintomas foram levemente apresentados”, explicou o diretor da sede do Oruro, Roberto Amusquivar.

Por seu lado, o governador de Oruro, Zenón Pizarro, disse que a mulher com um coronavírus foi apanhada no terminal de Oruro por um membro da família, que a levou para sua casa a bordo de um veículo particular.

“Nessa família, existem quatro membros, três mais velhos e um de 13 anos, o paciente teve contatos com dois deles que estão sendo seguidos pela sede”, explicou.

Com informações do jornal El Deber

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas