Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Cruzeiro do Sul

‘Se o Ilderlei for candidato eu apoio, se não for eu aceito o desafio do meu partido’, diz Zequinha Lima

Gina Menezes

Publicado

on

Em entrevista exclusiva à Folha do Acre, o vice-prefeito de Cruzeiro do Sul, Zequinha Lima, falou sobre a escolha do Partido Progressista (PP) de indicá-lo como pré-candidato a prefeito de Cruzeiro do Sul.

Zequinha afirmou ser leal ao prefeito Ilderlei Cordeiro (PP), mas defendeu a legitimidade do partido indicar um nome e se mostrou pronto para o desafio.

“Se o Ilderlei for candidato eu apoio, se não for eu aceito o desafio que deverá partir de uma construção. Eu não me lancei candidato, até porque isto é algo que deve ser construído com a executiva estadual e diversos seguimentos”, diz.

Acusado pelos apoiadores de Ilderlei de ser traidor e tirar o legítimo direito do prefeito indicar um nome à sucessão, Zequinha nega a pecha e diz que o governador Gladson Cameli também tem o direito de indicar um nome.

“É natural que o governador queira indicar um nome do partido dele para concorrer na cidade dele. Se eu for este nome creio que haverá discussões e entendimentos”, diz.

A provável indicação de Zequinha a pré-candidato do PP a prefeito balançou as estruturas do partido em Cruzeiro do Sul. Ilderlei supostamente estaria impedido de concorrer às eleições por conta dos processos que responde na Justiça Eleitoral.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas