Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Polícia

Corrupção: 32 empresas são investigadas por desvio que envolve R$ 37 milhões da Educação

Redação Folha do Acre

Publicado

on

Trinta e duas empresas fornecedoras de alimentos para merendar escolar do Acre são investigadas por suspeita de desvio. O caso é apurado pela Controladoria-Geral do Acre (CGE), Casa Civil, Procuradoria-Geral do Estado (PGE) e a Polícia Civil.

As investigações iniciaram após o governador do estado, Gladson Cameli, receber uma denúncia sobre o desvio de alimentos destinados à merenda escolar da rede pública. A denúncia foi recebida no mês de fevereiro, e a investigação está com quase 70% de conclusão.

Entre as irregularidades apuradas pelos órgãos estão: carne de terceira entregue como de primeira e carne moída de peixe no lugar de filé de peixe. Desvios envolvem quantia de R$ 37 milhões destinada à compra dos produtos.

Indícios

O controlador afirmou que os levantamentos são feitos em cima dos valores gastos com a merenda escolar em outubro, novembro e dezembro do ano passado. Nesses meses, o governo destinou R$ 37 milhões para a rede pública de ensino comprar a merenda.

Com informações do G1

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas