Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Polícia

Após mais de um ano, casal é preso suspeito de matar jovem a tiros em Rio Branco

Anderson Bodanese

Publicado

on

A Polícia Civil do Acre prendeu um homem e uma mulher suspeitos da morte de Glaysson da Conceição Ferreira, de 19 anos. O rapaz foi assassinado a tiros em dezembro de 2018, no Pólo Benfica, no Segundo Distrito de Rio Branco.

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) informou que o casal foi preso semana passada, mas a divulgação foi feita apenas nesta segunda-feira (17) após os depoimentos.

Na época do crime, a Polícia Militar do Acre (PM-AC) a informou que a vítima estava sozinha em casa quando criminosos invadiram o local. A mulher de Ferreira relatou que havia acabado de sair de casa com a sobrinha quando soube da morte do marido.

Motivação

Ao G1, o delegado responsável pelo caso, Martin Hessel, explicou que a mulher presa foi identificada como sendo a mandante do crime. Há uma terceira pessoa que ainda deve ser presa pelo crime.

“Foi relacionado à facção. A motivação inicial trabalhada era de que ele [vítima] estava passando informações para outra facção. Um dos executores confessou, mas ela não. Dois rapazes atiraram na vítima e ela mandou”, explicou Hessel.

O delegado acrescentou que a mulher era uma das lideranças de uma facção criminosa. Hessel confirmou que, a princípio, foi identificada a participação de Ferreira em uma facção rival, mas que ele não tinha influência e nem autoridade.

“Falta sair o mandado de prisão do outro executor, que ainda não saiu. Mas, assim que sair vamos cumprir. Os dois que foram presos pensavam que ele passava informações, mas não tem comprovação disso. Ele [vítima] trabalhava e tinha uma vida normal”, concluiu o delegado.

G1

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas