Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Política

Socorro Neri torna Rio Branco 1ª capital brasileira sem contratos provisórios na Educação

Anderson Bodanese

Publicado

on

A partir desta segunda-feira, 17, a cidade de Rio Branco passa a ser a primeira capital do país a contar apenas com servidores efetivos na área de Educação. Numa solenidade marcada por emoção e com o Teatro Universitário da Universidade Federal do Acre (Ufac) completamente lotado, a prefeita Socorro Neri deu posse a 676 homens e mulheres que vão ajudar o município a aprimorar e melhorar cada vez mais o ensino e a vida de cerca de 25 mil crianças matriculadas na rede municipal de ensino.

“Não há como não nos emocionarmos diante de situações em que esses professores esperaram 20, 30 anos para poderem assumir esses cargos definitivamente. Para a carreira é fundamental ter professores no quadro efetivo e que possam receber permanentemente formação continuada e que tenham condições de progredir profissionalmente. A partir de agora, nós da gestão, também vamos nos empenhar e garantir que eles tenham as melhores condições de trabalho possíveis para que esses profissionais façam e sejam a diferença na gestão das nossas escolas e no futuro dos nossos alunos”, disse a prefeita.

A chefe do executivo municipal também lembrou que os investimentos que sua gestão tem feito na Educação ajudam a combater e fazem parte das estratégias mais eficientes na solução dos problemas relacionados à Segurança Pública.

“As ações preventivas, são as que de fato formam a sociedade com cultura de paz e mais harmônicas. São ações de Educação, Cultura, Lazer e Esporte, mas dentre elas todas a que me parece mais forte na construção de uma sociedade justa e que desejamos é a Educação. Como eu venho dessa área, com toda a minha formação e dedicação ao longo de 36 anos, eu não poderia de forma alguma deixar de na minha gestão na Prefeitura de Rio Branco, fazer o máximo possível para criar as condições para que as nossas escolas municipais possam cada vez mais não apenas instruir as nossas crianças, mas educá-las verdadeiramente”.

Professores do ensino infantil, fundamental e de ensino especial, assistentes de creche, mediadores, nutricionistas e motoristas fazem parte dos profissionais empossados hoje. A professora Rosemira Oliveira de Souza tem 26 anos dedicados aos magistério e amor pela sala de aula foi repassado para a filha Ana Rosa Oliveira de Souza que assumiu nesta manhã o cargo de professora efetiva do ensino fundamental.

“É um momento histórico não apenas para a Prefeitura de Rio Branco, mas também para a minha família. Meu legado nessa profissão tão linda será continuado pela minha filha num momento em que eu já estou pedindo a aposentadoria. É uma felicidade muito grande pra nós”, afirmou demostrando emoção.

“Eu me formei e estava muito preocupada com a situação econômica do país. Tem muita gente saindo das faculdades e sem nenhuma expectativa de emprego. Estou muito feliz e pronta para dar o meu melhor”, disse Ana Rosa.

Já o nutricionista Ítalo Lins, vai ter a responsabilidade de elaborar refeições saborosas e nutritivas para os alunos da rede municipal. “Gratidão, celebração e alegria. É difícil conseguir verbalizar tudo o que estou sentindo nesse dia. É um momento único, sonhado por muitas pessoas que estudam e fazem o nível superior. Quero parabenizar a todos os concursados por essa vitória. Também não posso deixar de agradecer a prefeita Socorro Neri que tomou essa decisão contrária aos interesses de tanta gente e teve a coragem de efetivar 100% [servidores] da Educação em Rio Branco. Que seja um exemplo para os outras cidades, estados e para todo o nosso país”.

Com a efetivação dos novos professores, no município de Rio Branco só haverá profissionais contratados de forma temporária em casos muito específicos: substituição em caso de licenças ou atestados médicos ou de quem precise ser remanejado.

“Quero cumprimentar 676 sonhos que hoje se realizam, sonhos que vão se transformar em esperança e futuro para milhares de crianças na capital do Acre. A prefeita Socorro Neri, para tomar essa decisão enfrentou muitas dificuldades, enfrentou muito incompreensão política, porque era muito mais fácil manter contratos provisórios que no fundo é um exército político. A gente pedia que o nossos professores dessem carinho, dessem educação, abraçassem nossos filhos e netos, e no fim do ano a gente os demitia e os mandava pra casa desempregados. A prefeita Socorro Neri acabou com esse período em Rio Branco”, vibrou o secretário de Educação de Rio Branco, Moisés Diniz, ao falar com novos servidores.

A reitora da Universidade Federal do Acre, Guida Aquino, disse que a Prefeitura de Rio Branco está na contramão do que se passa no Acre e nas 68 universidades federais do país, com o corte de verbas, suspensão de bolsas de pesquisa, congelamento total de salários e planos de cargos e carreiras, e o impedimento para a realização de concursos públicos.

“Na Ufac hoje infelizmente não podemos celebrar um momento semelhante a esse. Mas eu não quero deixar que o brilho dessa manhã seja apagado. Quero parabenizar a prefeita, porque não é fácil ser gestora mulher, ela se posicionou, lutou, chamou a Universidade e conseguiu fazer esse concurso para quase 700 pessoas. Na última sexta-feira, dia 14, saíram os dados do IBGE [Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística] e no Acre nós temos hoje 13,6% de desempregados, acima do número nacional que é de 11%. Então esse é momento para ser muito celebrado, primeiro porque é investimento grande na Educação, depois porque é um número considerável de pessoas que passam a ter emprego, renda e estabilidade para toda a sua família”.

“É mais um passo firme e no caminho correto que é a Educação. Rio Branco já goza de uma condição de infraestrutura boa para a Educação e um dos melhores IDEBs do país [Índice de Desenvolvimento da Educação Básica]. Quero parabenizar a prefeita Socorro Neri e toda a equipe da Educação por entender que esse é o melhor caminho que podemos seguir”, destacou o líder da prefeita na Câmara, vereador Rodrigo Forneck.

O mesmo sentimento foi compartilhado pelo presidente da Câmara de Vereadores de Rio Branco, Antônio Morais. “Nós vereadores ajudamos para que o concurso fosse realizado então eu só posso dizer que é um dia de alegria, daqueles em que a gente compreende porque ocupamos funções públicas. No mais, meu total reconhecimento à prefeita Socorro Neri pela coragem e determinação em melhorar a vida dos rio-branquenses”, finalizou.

Ascom

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas