Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Política

Comunista diz que Gladson não reduzirá ICMS do combustível: “Vamos parar com fake”

Gina Menezes

Publicado

on

O deputado comunista Edvaldo Magalhães usou a tribuna da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) na manhã de quarta-feira (12) para dizer que a exemplo dos demais governadores que rechaçaram a proposta do governo federal de reduzir ICMS, Gladson Cameli também não reduzirá o ICMS do combustível e chamou a promessa feita pelo governador do Acre como mais uma “potoca”, mentira no linguajar popular.

Pode ser que Magalhães tenha razão por conta do que a mídia divulgou ontem a respeito do Fórum dos Governadores, realizado em Brasília, onde a proposta do governo de reduzir tributos sobre combustíveis de forma imediata foi rejeitada pelos governadores, que defenderam que o assunto seja incluído na reforma tributária.

Na Semana passada, o presidente Jair Bolsonaro desafiou os governadores a cortar o ICMS que incide sobre o combustível. Ele disse que, se os governadores fizessem a redução, ele determinaria que os tributos federais (PIS, Confins e Cide) sobre os combustiveis fossem zerados.

Edvaldo Magalhães afirmou que não acredita que Cameli sinalize para a dedução. “Ninguém vai renunciar receita. Potoca. Vamos parar com a fake, com a potoca do cotidiano, de se anunciar coisas que não tem condições de cumprir. Não apareceu nenhum governador que aceitasse reduzir o valor do ICMS dos combustíveis. Nós vivemos uma semana de potoca na questão”, declarou.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas