Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Política

Mourão, Damares e Theófilo prometem a Gladson ações diretas de apoio ao Acre

Anderson Bodanese

Publicado

on

O governador Gladson Cameli considerou como altamente produtiva a reunião que manteve na manhã desta quinta-feira, 6, com o vice-presidente da República, general Hamilton Mourão, com a participação da ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves. A reunião, programada pela senadora Mailza Gomes, contou ainda com a presença dos deputados federais Alan Rick, Vanda Milani, Jesus Sérgio, Perpétua Almeida e do representante do Acre em Brasília, Ricardo França, e serviu para que pontos de ação direta do governo federal em benefício dos diversos segmentos sociais do Acre fossem traçados.

Hamilton Mourão, depois de ouvir atentamente do governador Gladson Cameli os principais gargalos que acarretam problemas para o estado, disse que o Acre é considerado como uma das prioridades máximas do governo federal. Mourão disse que até o dia 5 de março, todos os ministérios envolvidos na elaboração dos programas do Conselho da Amazônia já deverão ter apresentado seus relatórios. “A partir daí montaremos um programa de ações direcionadas especialmente para o Estado do Acre, voltado para todas as áreas sociais, mas especialmente para a segurança pública, até mesmo por sua situação de fronteira com a Bolívia e Peru”, frisou o vice-presidente.

Abrace o Acre

A ministra Damares Alves, presente à reunião, adiantou que um dos programas de sua pasta que quer implantar em conjunto com o governo do Estado é o Abrace o Acre. Segundo ela, o programa, que já foi implantado em Marajó, tem por objetivo combater a exploração sexual de crianças e adolescentes e a violência contra mulheres e idosos.

Cameli, por sua vez, agradeceu o apoio da ministra e disse que “o Estado do Acre estará com os braços abertos para ajudar no que for necessário, para implantação de todos os programas que proporcionarão, de alguma forma, benefícios para a população. Somos um estado que precisa ser olhado com carinho pela União, pois sofremos um atraso de mais de 20 anos no desenvolvimento e precisamos correr atrás do tempo perdido”.

SISFRON

Em continuidade às agendas em Brasília, o Governador Gladson Cameli se reuniu logo em seguida com o general Guilherme Theófilo, Secretário Nacional de Segurança Pública, para solicitar em caráter emergencial a criação de um grupo específico de trabalhos voltados para a segurança pública, no Acre. Theófilo prometeu ver a possibilidade de instalar o mais rápido possível o Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras (Sisfron).

Cameli voltou a enumerar os problemas pontuais da Segurança Pública, enfatizando a necessidade urgente de uma ação efetiva por parte das forças de segurança no estado. “Estamos vivendo um clima de guerra e temos que nos aparelhar para respondermos à altura. Nosso estado é porta de entrada para tipo de contrabando, inclusive armas e drogas. Nossas fronteiras precisam de um contigenciamento para termos maior segurança, tanto no interior quanto na capital”, frisou o governador.

Defesa, segurança, desenvolvimento econômico e social. Esses são os pilares que vão sustentar o Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras (Sisfron) ao longo dos cerca de 17 mil quilômetros de fronteira terrestre do país. O programa prevê a instalação de uma engenhosa estrutura militar e civil, que, de forma integrada, deverá estabelecer um modelo inédito de proteção de fronteiras.

Gladson Cameli também comentou sobre a reunião geral sobre segurança, que fará no próximo domingo em Rio Branco envolvendo todos os órgãos públicos, imprensa e sociedade civil organizada para elaboração em conjunto de um plano para o combate à violência. “Temos que colocar a responsabilidade para todos. É fácil criticar, porém queremos o envolvimento de todos os segmentos para que novas ideias e soluções sejam apresentadas”, disse Cameli.

Por sua vez, o secretário da Senasp pediu que um relatório da reunião de Rio Branco seja encaminhado ao seu gabinete para que o governo federal possa efetivar ações diretas e emergenciais para o estado do Acre.

Secom

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas