Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Polícia

Polícia do Acre prende 71 pessoas em operação que visa desarticular facções

Anderson Bodanese

Publicado

on

A Polícia Civil do Acre finalizou nesta quarta-feira, 5, a primeira fase da Operação Sinapse, deflagrada no dia 22 de janeiro e que objetivou desarticular células de organização criminosa, que vêm agindo em todo o estado.

No relatório final da primeira fase da ofensiva policial consta a prisão de 43 pessoas ligadas ao crime organizado e outras 28 indiciadas, inclusive de outras unidades da federação.

A operação deu cumprimento a 125 ordens judiciais de prisão e busca e apreensão que foram realizadas na capital, Rio Branco, e nos municípios de Cruzeiro do Sul, Sena Madureira, Porto Acre e Bujari. Ocorreram prisões também em outros estados, como por exemplo, no Mato Grosso.

Participaram da ação mais de 100 policiais das delegacias Regionais, Especializadas, Coordenadoria de Recursos Especiais – Core, Inteligência e do Departamento de Polícia da Capital e Interior – DPCI. A operação aconteceu depois de seis meses de investigação do setor de inteligência da Polícia Civil acreana, que vem monitorando as ações das organizações criminosas que têm agido no Acre.

“O relatório final da Operação Sinapse, teve grande êxito. Essa é a prova que o trabalho realizado pela Polícia Civil do Acre é eficaz. O trabalho da Polícia Civil é um trabalho mais investigativo, de inteligência, de monitoramento, um trabalho mais velado. Mas a Polícia Civil não está inerte ao que vem acontecendo, estamos atentos e trabalhando muito para alcançarmos resultados positivos. O nosso departamento de inteligência é um dos mais preparados para esse tipo de trabalho e que será reforçado pelos novos investimentos por parte do governo estadual com equipamentos e novas tecnologias”, avaliou Henrique Maciel, Delegado-geral da Polícia Civil do Acre.

Secom

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas