Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Polícia

‘Estupro virtual’: preso na Operação Tarquínio afirma ter praticado crime contra 38 vítimas

Anderson Bodanese

Publicado

on

Após a deflagração da Operação Tarquínio, o investigado pela prática de estupro virtual confessou a prática do crime contra outras 38 vítimas.

A Operação Tarquínio foi deflagrada no dia 22 de janeiro de 2020 pelas Polícias Civis dos Estados de Pernambuco e Minas Gerais para cumprir mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça do Estado do Acre. A ação visou apuração e repressão a crime de “estupro virtual” em que a vítima acreana, mediante ameaças e chantagens, foi obrigada a se submeter a atos libidinosos com estranhos para que suas imagens íntimas não fossem divulgadas.

A investigação, coordenada pela Polícia Civil do Acre (5ª DRPC), contou com o auxílio do Laboratório de Operações Cibernéticas da Coordenação de Combate ao Crime Organizado/Diretoria de Operações da Secretaria de Operações Integradas (SEOPI) do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

O Delegado responsável pela investigação obteve dados de que esse investigado praticava esse crime há mais de cinco anos. Segundo ele, a quantidade de vítimas pode chegar a quase 100.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas