Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Opinião

A viagem a Las Vegas foi um arranho na imagem do governador Gladson, diz colunista

Coluna da Gina

Publicado

on

Nada servirá de justificativa aos acreanos

Nada do que se diga justifica a ausência do governador Gladson Cameli, do vice, Major Rocha, e do comandante da Polícia Militar, Ulysses Araújo, ao viajarem para Las Vegas enquanto o estado vive onda de terror em forma de assassinatos e brutalidades diversas.

O evento

O evento do qual o Gladson, Rocha e Ulysses compareceram não é, segundo breve pesquisa na internet, um evento para armamento pesados como eles disseram em releases e, sim, um evento que visa prioritariamente armas esportivas, lazer, pesca e casa. O Shot Show ocorre anualmente nos EUA.

Prometeu demais

A crise na Segurança Pública do Acre não é de hoje, mas são de 2018, no ano eleitoral, as promessas mirabolantes e foi no dia 2 de janeiro que o secretário de Segurança, Paulo Cézar, prometeu quem em 10 dias os acreanos teriam a sensação de paz.

Acabou o tempo da desculpa

Passou o tempo das desculpas, a população, amedrontada e com pavor de sair às ruas, exige uma solução imediata.

Oportunismo em cima da onda de violência

O que também se torna insurportável é a politização de algo tão grave. Os discursos do deputado Roberto Duarte costumam ser bons, mas ele resvala para o exagero politiqueiro e sobre o abaixo-assinado do vereador Jarude é de um oportunismo gritante.

Exagero

Assim também como é bem exagerado por parte do senador Petecão dizer que o acidente com o helicóptero Harpia 1 é a cara da Segurança Pública.

Ulysses raso e populista

É verdade também que não leva a lugar nenhum esta briga das polícias com o Judiciário. O coronel Ulysses credita o aumento da criminalidade ao fato de que os juízes “soltam os criminosos”. Pensamento raso, populista e ignorante.

Brigas

A Associação dos Magistrados do Acre mandou uma resposta à altura às críticas dos policiais. Depois da fuga de 26 presos, os juízes declararam que não adianta condenar e mandar para o presídio se o IAPEN solta. Forte declaração. Teve gente tendo siricutico por conta da nota.

Rumo às praias

Poucos deputados ficaram no Acre para pelo menos visitar o interior neste recesso. A maioria partiu rumo às praias.

Sobrou para ele

Falar em quem ficou e quem partiu, quem ficou com o abacaxi no colo foi o presidente da Aleac, Nicolau Junior, que ficou no Acre como governador em exercício enquanto a violência explodia e a saúde agonizava.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas