Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Cotidiano

Prefeitura de Rio Branco lança campanha para atualização de cadernetas de vacinação

Anderson Bodanese

Publicado

on

Com o objetivo de aumentar os índices de cobertura vacinal em todos os públicos, a Prefeitura de Rio Branco, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, realizou na manhã desta quarta-feira, 15, o lançamento da campanha para a atualização da caderneta de vacina. Crianças, adolescentes, adultos, gestantes e idosos devem procurar as unidades de saúde para reverter a queda no número de vacinas aplicadas para a prevenção de diversas doenças.

De acordo com o secretário de Saúde da capital, Oteniel Almeida, as vacinas são importantes para a redução de doenças infecciosas, hospitalizações, gastos com medicamentos e mortalidade, além de ajudar na erradicação de enfermidades. “Com essa campanha, nós vamos fornecer as informações para que as pessoas possam tirar suas dúvidas, falar sobre a eficiência das vacinas e apresentar estratégias que possam garantir que todas as pessoas que quiserem possam ser vacinadas. Nós temos estratégias principais de atuação, a primeira é manter as unidades de saúde sempre abertas, a segunda é fazer durante a matrícula e rematrícula das escolas a atualização das cadernetas, e a terceira é fazer visitas domiciliares nas áreas mais vulneráveis”, disse.

A falsa sensação de que com o sucesso das imunizações não há mais necessidade para a vacinação, o desconhecimento sobre a importância e benefícios das vacinas, os horários de funcionamento das unidades de saúde, incompatíveis com as novas rotinas, e a disseminação de fake news são apontados como os principais fatores na queda das vacinações.

Ao apresentar a campanha, a prefeita Socorro Neri aproveitou para anunciar a ampliação dos horários de atendimentos nas unidades básicas de saúde do município. A partir dos próximos dias, as UBS’s vão funcionar em três escalas e atender também no período entre o meio-dia e 14h. “Nós temos percebido com muita preocupação essa queda no número pessoas que procuram se imunizar. A vacina é uma escolha individual, mas ao mesmo tempo é uma questão de saúde pública. Uma criança, uma pessoa não vacinada pode transmitir doenças para outras pessoas e isso se transformar numa grande problema para todos. Portanto, é uma escolha que devemos fazer, mas conscientes de que é uma escolha para cuidarmos bem das nossas crianças, jovens, idosos e de nós mesmos”, enfatizou a prefeita.

A campanha para a atualização das cadernetas vai até maio, a expectativa é alcançar 95% de todos os públicos que necessitem de vacinação.

Ascom

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas