Prefeitura de Rio Branco realiza Blitz Educativa de combate ao mosquito da dengue no Adalberto Sena

0
316

Dando continuidade às ações estratégicas da campanha de combate ao mosquito transmissor de dengue, zika e chikungunya, a Prefeitura de Rio Branco, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), realizou na manhã desta quarta-feira (08), a primeira blitz educativa do ano de 2020 com o objetivo de orientar a população sobre os cuidados e as medidas de prevenção contra o Aedes aegypti.

As ações, que incluem ainda visitas domiciliares, estão sendo realizadas desde o ano passado por orientação da prefeita Socorro Neri.

O local escolhido para este Dia D, que ocorre sempre às quartas-feiras, foi o bairro Adalberto Sena, situado na regional onde a infestação foi detectada em 37% dos imóveis, de acordo com último Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa) do Departamento de Vigilância Epidemiológica da Semsa.

José Ferreira Neto, coordenador de endemias e controle de vetores da Semsa, explicou que durante a blitz educativa, realizada com o apoio de Agentes de Trânsito da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (RBTRANS), os condutores de veículos são parados e a abordagem é realizada pelos agentes de endemias que distribuem panfletos e explicam quais as medidas que devem ser empregadas para o combate ao mosquito.

“O índice de infestação predial na cidade está bastante alto, 7.3, e com o rigor do inverno amazônico é o momento que precisamos intensificar as ações.”, destacou o coordenador.

Para se ter uma ideia, os números da semana epidemiológica 51, a penúltima do ano de 2019, revelam que foram notificados 72 casos de dengue. “Geralmente 40% destes são confirmados e a presença do vetor é preocupante. Temos 180 agentes diariamente atuando na cidade toda tanto no controle vetorial, que é com a aplicação do larvicida, quanto no controle do vetor já na fase adulta, que é com o inseticida.”, explicou.

Além das ações do poder público é fundamental, que a população faça a sua parte, eliminando os locais onde o mosquito possa se proliferar.

Principais medidas de prevenção e combate ao Aedes Aegypti

· Manter bem fechado caixas d’água, tonéis, bacias e barris de água;

· Lavar semanalmente com água e sabão tanques e caixas d’água utilizados para armazenar água;

· Remover galhos e folhas de calhas;

· Não deixar água acumulada sobre a laje;

· Encher pratinhos de vasos com areia até a borda ou lavá-los uma vez por semana;

· Trocar água dos vasos e plantas aquáticas uma vez por semana;

· Colocar lixos em sacos plásticos em lixeiras fechadas;

· Fechar bem os sacos de lixo e não deixar ao alcance de animais;

· Manter garrafas de vidro e latinhas de boca para baixo;

· Acondicionar pneus em locais cobertos;

· Fazer sempre manutenção de piscinas;

· Tampar ralos;

· Colocar areia nos cacos de vidro de muros ou cimento;

· Não deixar água acumulada em folhas secas e tampinhas de garrafas;

· Vasos sanitários externos devem ser tampados e verificados semanalmente;

· Limpar sempre a bandeja do ar condicionado;

· Lonas para cobrir materiais de construção devem estar sempre bem esticadas para não acumular água;

· Catar sacos plásticos e lixo do quintal.

Ascom