Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Polícia

Polícia acreana investiga grupos de Whatsapp que alertam sobre blitz

Anderson Bodanese

Publicado

on

A polícia está investigando o compartilhamento de áudios avisando a existência das blitzen que vem sendo realizadas no âmbito da Operação Fecha Fronteiras, deflagrada na última sexta-feira (4).

Além da investigação, a PM está fazendo uma campanha pelas redes sociais alertando que é crime informar os locais das blitzen.

“É fundamental para a estratégia desta operação que informações sobre localização não sejam reveladas”, disse nesta segunda-feira (6) o coronel Paulo Cézar, secretário de Segurança Pública do Acre, durante entrevista a TV Acre.

Com informações do Ac24horas

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas