Connect with us

Rio Branco, Acre,

 

Polícia

Com 6,5 mil roubos registrados em 11 meses, Rio Branco tem aumento no nº de ocorrências

Anderson Bodanese

Publicado

on

O Núcleo de Apoio Técnico do Ministério Público (MP) divulgou mais um Informativo de Mortes Violentas Intencionais (MVI) e no relatório também fez um levantamento dos roubos registrados em Rio Branco entre janeiro e novembro de 2019.

Os dados também são comparados com os de 2018 e apresentam um aumento de quase 2%.

No período avaliado de 2019, a capital acreana registrou, segundo o MP, 6.526 roubos em todas as regionais que compõem a cidade. O número demonstra aumento, se comparado a 2018, quando foram 6.414 ocorrências.

O levantamento aponta um aumento significativo nas 2ª e 3ª regionais, mas também uma redução importante na 5ª regional. O maior número de ocorrências foi registrado em junho, com 684 roubos na capital.

Outro ponto importante é uma série histórica da frequência relativa de roubos ocorridos em Rio Branco por hora do fato. Segundo o estudo, a grande maioria dos roubos ocorre entre as 18h e 22h. Em 2019, segundo o relatório, quase 3 mil ocorrências dessa natureza foram registradas no horário apontado.

O relatório também lista os 10 bairros de cada regional em que os roubos são registrados com maior frequência.

Na 1ª regional, o Bosque lidera com 309 roubos. Os bairros Belo Jardim I e II registram 595 roubos, sendo o maior número comparado aos demais bairros. Na 3ª regional, o alvo dos bandidos tem sido o Floresta Sul. Calafate e Alto Alegre também são os principais bairros a registrarem roubos, na 4ª e 5ª regional, respectivamente.

G1

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Facebook

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais Lidas